“Como você é impaciente”, “você não sabe esperar”, “você só imagina o pior”, “aprenda a esperar”, “não faça tempestade em copo d’água”, e daí por diante. Pois é, estas são algumas frases que pessoas que sofrem com ansiedade escutam com frequência. E o que passa pela sua mente como resposta deve ser o seguinte: “Como se eu quisesse ser ansioso”, não é?!!

E pasmem o Brasil é o país com maior taxa de pessoas com transtornos de ansiedade no mundo de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Olhem o cenário, são 322 milhões de pessoas de todas as idades que sofrem com a doença no mundo. No Brasil, 9,3% da população possui algum tipo de transtorno de ansiedade. A taxa é três vezes superior à média mundial e sendo as mulheres as que mais sofrem deste mal.

Aí a frase “você é ansiosa demais” realmente seja pertinente, mas não significa que eu queria ser. Sofrer de ansiedade tem a ver com o funcionamento da psique e não simplesmente com a falta de paciência ou agitação.

Imaginem uma mente que nunca para e está sempre criando possibilidades e possibilidade que muitas das vezes são nada agradáveis. É assim que funciona a mente do ansioso, está sempre trabalhando, imaginem o cansaço. Aí vem você e diz: “você deveria ser menos ansioso”, sim deveria, mas não sei como, aliás, talvez você também seja ansioso dados as estatísticas, mas disfarça.

Então, é isso, ninguém é ansioso por que quer, por que gosta. Você é diabético porque quer?! A ansiedade quando disfuncional causa limitações à vida da pessoa. São preocupações excessivas, que chegam a comprometer a qualidade do sono e até provocar taquicardia, além de constantes pensamentos negativos e sensações de medo sem motivo real.

Dar atenção a sua saúde mental não é brincadeira. Fique atento em pensamentos negativos que lhe vem à mente, escute o que ele tem a dizer, existe uma razão para tudo isso? Se tiver dificuldade em responder a estas perguntas ou se não forem respostas pertinentes não hesite em procurar ajuda profissional, um trabalho com psicólogo pode te ajudar a você se entender melhor e saber lidar com sua ansiedade.

Natália Vinhas – CRP 12/12182

Psicóloga Online

Especialista em Psicologia Hospitalar – USP

Especialização em Obesidade e Transtorno Alimentar – USP

Colunista InovamentePsicologia e Psiconectado

Site: www.psicologanataliavinhas.com.br

Instagram: @psicologanataliavinhas

www.facebook.com/psicologanataliavinhas

Comentários do Facebook
Postado em , Blog, Psicologia, Saúde e Bem estar e marcada , , . .

Deixe um comentário

Site de Psicologia
%d blogueiros gostam disto: