Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) “estima-se que mais de 300 milhões de pessoas, de todas as idades sofrem com esse transtorno. Resultante da interação de fatores sociais, psicológicos e biológicos.”

Passar por momentos difíceis – a perda do emprego, a morte de um ente querido, o término do relacionamento, enfim, as causas são diversas. Mas, agora além de estar deprimido as pessoas do seu convívio andam falando que você tem se esquecido de momentos recentes.

Você deve estar se perguntando: Mas a depressão tem relação com meus esquecimentos?

Frequentemente a depressão é acompanhada de algum grau de esquecimento, essas falhas são devidas a estes três neurotransmissores serotonina, dopamina e noradrenalina e suas vias, envolvidas nas funções cognitivas (atenção, motivação, memória, dentre outras) que auxiliam no processo de memorização.

Devido ao estado rebaixado do humor, os momentos de “branco” são percebidos como maiores do que são. A pessoa que tem depressão tem uma predisposição a se lembrar melhor de fatos desagradáveis e negativos ao invés de dias felizes. Estes esquecimentos afetam lembranças boas e ruins e no estado depressivo raramente alcança proporções sérias, como exemplo: demências.

Até o nosso próximo encontro.

Texto elaborado pela:

Psicóloga e Neuropsicóloga Isis Honorato

Idealizadora do Inovamente Psicologia

Dicas sobre memória – https://www.facebook.com/memoriadeubranco/

Contato: WhatsApp (11) 9.8569-0047

Site consultado:

www.paho.org

Fonte da imagem:

www.felicidadeevoce.blogspot.com

Comentários do Facebook
Postado em , Blog, Depressão, Envelhecimento, Memória, Neuropsicologia, Terceira Idade e marcada , , , . .

Deixe um comentário

Site de Psicologia
%d blogueiros gostam disto: