Uma das coisas que mais causam angústia e ansiedade nos adolescentes atualmente é o ENEM. Afinal, o ano de preparação para as provas desse exame tão importante costuma ser marcado pela alta pressão pessoal, familiar e escolar e na maioria das vezes, a família e o colégio não fazem ideia do nível de ansiedade dos jovens devido ao medo dessa prova.

Alguns pais podem se perguntar: “mas que medo todo é esse?” Para os estudantes, o ENEM é um exame muito difícil, desafiador e ameaçador, pois além de o jovem se sentir incapaz de realizar uma boa prova, ele fica assustado com a quantidade excessiva de matérias que precisa estudar e também acredita que os concorrentes estão muito mais preparados do que ele. Todos esses fatores juntos fazem o adolescente acreditar que o ingresso em uma boa universidade não depende apenas do seu esforço pessoal mas também do desempenho dos demais candidatos.

Vale ressaltar que cada pessoa reage de uma forma diferente em relação à ansiedade devido ao medo do ENEM, porém dentre os sintomas mais comuns, destacam-se:

  • Nervosismo;
  • Inquietação;
  • Insegurança;
  • Aflição;
  • Dor de cabeça;
  • Tontura;
  • Taquicardia;
  • Incapacidade de relaxar;
  • Dificuldade para dormir

Também é importante lembrar que quando o adolescente sofre com a alta pressão e sobrecarga nesse momento tão importante em sua carreira acadêmica, muitas vezes é necessário buscar ajuda profissional para reduzir o seu nível de ansiedade, melhorar sua qualidade de vida, cuidar da sua saúde mental e emocional, além de aprender técnicas para aprender a lidar com a pressão e controlar o nervosismo e técnicas de estudo e memorização.

Fonte da imagem: Pixabay

Texto elaborado pela:

Psicóloga Priscilla Ferreira

CRP: 06/151545

Postado em , Adolescência, Ansiedade, Blog, Carreira Profissional e marcada , , , , , , . .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*


Site de Psicologia